counter easy hit

Digital Culture – Mauricio Oliveira

digital culture live
Qual foi seu primeiro contato com o Psytrance e o que achou do estilo musical ?

Meu primeiro contato com a Música Eletrônica eu tinha 11,12 anos.
Minha mãe Colecionava discos e fitas k’7 de vários estilos musicais, do Rock ao eletrônico. Algo tipo, Technotronic, Chimo Bayo, Underwold, Prodigy, Break Dance, Pink Floyd, Janis Joplin, entre outros. Já apaixonado por Música comecei a me interessar pelo Hip Hop e Rap. Aos 14 anos, passei a ouvir música Dance, o que me levou ao Psytrance em 2003, me apaixonando pelo estilo, Literalmente.
Eu fazia algumas festas em casa para amigos e tocava músicas de vários estilos já pensando humildemente em me tornar um Dj. Na época não tinha nenhuma habilidade com os equipamentos, e isso me despertou ainda mais o interesse em aprender.
Então, eu comecei a estudar sobre a história da Musica Eletrônica, a ouvir CDs de compilações de música eletrônica, com todos os tipos de atmosferas. Passei a pesquisar sobre os artistas, as Vertentes , tendências, festas raves, até me aprofundar nos equipamentos de mixagem , me aperfeiçoando e dando inicio a minha carreira de Dj.

Qual foi o momento em que você decidiu se tornar um produtor de música psicodélica ?

Em 2005,assim que eu já estava dando meus passos como Dj, conheci o Leonardo Maruyama, aka Symetric Frequency, que na época já se apresentava como Dj. Como ambos tínhamos a mesma vontade de criar nossas próprias músicas, começamos a trabalhar juntos e explorar o lado da produção musical.
Foi aí que nasceu o Digital Culture, lançado um ano depois, em 2006, que no inicio foi composto por mim e pelo meu Grande amigo Maruyama, o “China”, pessoa que contribuiu muito e faz parte dessa história.
Bom, Apresentamos o Digital Culture até o fim de 2007. Leonardo saiu do projeto para seguir carreira solo, e, nesse meio tempo entre 2007 e 2008 eu fui aderindo uma nova Roupagem e uma nova identidade sonora para a Cultura Digital, e Consequentemente continuei com esse Nome, seguindo carreira solo.

digital culture 1ª apresentacao

Primeira apresentação do DIgital CUlture Live

Quais são suas influências e ispirações ?

Sobre as minhas Influencias no trance eu posso citar alguns nomes desde os mais antigos ate os mais novos como:
Astral Project, Hallucinogem, Cosmosis, Liquid Space, Azax Syndrom, Loud, Exaile, GMS, Infected Mushroom, Alien Project, Bliss ,Rinkadink, Vibe Tribe, Mekkanikka,Sirius Isness, Space Budha, Ultravoice, Illumination,The Comercial Hippies, Blastoyz, Bun in noise,Ekanta,Swarup, Zumbi,Yasser Hanzi entre vários outros artistas que se eu for digitar vai faltar caracteres(Risos), mas escreveria e descreveria cada um com o maior prazer…

Fora do trance, eu gosto de tudo um pouco, Rock, rap, musica clássica… escuto muita coisa além de eletrônico para produzir.

Quais seus Hobbies quando não está produzindo ?

Quando não estou produzindo eu gosto muito de viajar, Gosto de me renovar tomando um bom banho de cachoeira, curtindo uma natureza. Gosto de reunir meus amigos em casa para uma resenha, falar de música, gosto de uns rolês Gastronômicos, eventos e shows não eletrônicos. As vezes assisto alguns filmes… Internet, Dormir…

Qual evento que mais marcou sua carreira de Artista ?

Vários eventos marcaram minha carreira, Posso citar alguns mais recentes.
O evento que mais marcou a minha carreira de Artista, foi o Universo Paralello, onde tive uma grande visibilidade e retorno para o projeto Digital Culture, sem contar a emoção e sintonia que rolaram nas duas apresentações nesse incrível festival, que tem todo meu respeito. Outros eventos que não posso esquecer são:
Samsara festival de 2012 que foi uma explosão total e o festival do Kranti de 2012, principamlente a edição de 2014, que foi uma das melhores apresentações do Digital Culture. Esses e outros marcaram bastante e foram de muita importância na minha carreira, com certeza!

Samsara Festival 2012:

Festival Alternativo do Kranti 2014: www.youtube.com/watch?v=KP_l1tfbIrU

Universo Paralello #13 2015/2016 :

Como você vê a cena do Psytrance atualmente ?

Bem, essa pergunta eu não consigo ter uma opinião completamente formada para descrever…
Desde que entrei na cena psytrance, eu tenho percebido várias mudanças, desde a música, o publico até no estilo de festas em fim…
E mudanças é claro que são sempre bem vindas e espero que isso no final seja para o melhor.
O público é sábio, está sempre mudando, e os jovens estão vindo mais do que nunca, e é por isso que estará em constante mudança/evolução.

Você tem outros projetos de música em paralelo, quais ?

Por enquanto não. Experimentalmente, eu produzo musicas de outros estilos. Quem sabe futuramente.

Dê onde você tira inspirações para criação das músicas ?

Maior parte Vem de mim mesmo. Meus pensamentos, minhas viagens.
Além das minhas influencias musicais, eu tento expressar através da música as minhas emoções, alegrias, tristezas, duvidas, certezas, erros, acertos, o meu dia dia, distribuindo tudo entre batidas e compassos, melodias e atmosferas. Eu costumo dizer que a música me define sem que eu menos precisar me explicar… Se é que me entendem…
Mas não é sempre que estou inspirado. A inspiração vem repentina, as vezes estou há dias com o Setup ligado e não sai nada, de repente eu estou em algum lugar e do nada ela vem… Daí eu corro pro Studio e aproveito ate onde posso.
Ir a Festivais, namorar e curtir a Natureza também é uma boa fonte de Inspiração.

Se pudesse escolher uma festa para tocar, qual seria ?

Uma Festa em especifico eu não diria. Mas eu tenho Vontade de tocar em alguns lugares desse mundão, como as festas e festivais da Europa, Israel, Japão, México… Ainda vou chegar lá!

Gostaria de deixar um recado ou agradecimento para os seus fâns ?

AH, Com Certeza!
Eu Só tenho a Agradecer ao meu público que me acompanha por onde eu passo. Cada vez mais a Cultura Digital vem sendo Difundida e reconhecida. O carinho e apoio que recebo dos fãns e do público são de extrema importância na minha carreira, e pessoal também, pois fico muito feliz com isso. Simplesmente são vocês que me dão força para dar seguimento e ir cada vez mais Além com esse trabalho que tanto amo, e que esse Ano completa 10 anos!!!

Gostaria de Agradecer a toda equipe do Psytrancebr pelo convite em poder participar dessa entrevista podendo contar um pouco da minha caminhada.
Quero dizer também que meu Live está mais recheado que Nunca! Muitas musicas novas rolando, algumas em parceria com artistas de peso na cena nacional e internacional, e várias outras que virão no decorrer do Ano. Estou finalizando mais uma compilação que vai sair em Breve, Aguardem…

Você também pode gostar ...

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *